PRE-SP pede que promotores eleitorais estejam atentos a fake news, risco de violência e funcionamento de urnas

Ligado .

Ofício é uma sugestão feita a partir das experiências observadas durante o primeiro turno das eleições

Nesta segunda-feira (15/10), o procurador regional eleitoral em São Paulo, Luiz Carlos dos Santos Gonçalves, e seu substituto, Pedro Barbosa Pereira Neto, enviaram um ofício circular aos promotores eleitorais, sugerindo aos promotores eleitorais a adoção de providências em relação a propagação de notícias falsas nas mídias sociais, aos riscos de violência e aos relatos sobre mau funcionamento de urnas eletrônicas.

O ofício ressalta que é necessário que o Ministério Público Eleitoral acompanhe os trabalhos da votação na zona eleitoral sob sua responsabilidade, como já ocorreu no primeiro turno. Incumbe ao MP Eleitoral a promoção das medidas cíveis e criminais, em vista de ilegalidades no processo eleitoral.

O documento é uma sugestão feita a partir das experiências observadas durante o primeiro turno das eleições. Para ler o inteiro teor do documento, clique aqui.

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria Regional da República da 3ª Região
(11) 2192 8620 / 8766 / 8925 // (11) 9 9167 3346 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Notícias relacionadas: